OM Teste de LÍder
         iPhone,Ipad,Ipod
 
 


Descrição:

Que tipo de líder você é?

Nós aprendemos as noções básicas para as nossas capacidades emocionais, imitando os nossos pais. As relações famíliares da nossa infância permanecem em nós, como padrões de comportamento. Eles formam uma estrutura, que pode ser chamada de personalidades arquetípicas. Esta aplicação aprofunda detalhadamente a filosofia Junguiana das idéias arquetípicas e do comportamento. Os relacionamentos familiares também se reflectem em histórias míticas e nos contos de fadas. Assim, os mesmos padrões podem ser vistos em deuses e deusas míticas e no folclore. Assim como, os dramas familiares do Olimpo gregoa são jogados dentro de nós. Os mesmos dramas são reproduzidos nas relações dentro das diferentes empresas e sociedades. Com este teste você pode encontrar o quão importante é o papel dos diferentes padrões de comportamento que orientam a sua vida.

Na realidade, nós tomamos decisões que, muito raramente são tomadas de forma consciente. Nós apenas nos comportamos da forma que estamos acostumados a comportar-nos. Nós não decidimos perder o bom humor. Ele pode apenas acontecer-nos. Nós não podemos decidir as nossas emoções, nem escolher os nossos caminhos pessoais de comportamento. Os arquétipos podem ser vistos como forças inconscientes dentro de nós. Eles são como programas, que condensam e convertem a “informação" de entrada num molde instintivo ou num padrão de ação.

As estruturas arquetípicas obtêm o seu poder na nossa infância no meio familiar. Ao imitarmos a mãe temos uma capacidade de ser mãe. Imitando o pai, podemos aprender a comportar-nos como pai. Imitando irmãs e irmãos e jogar com eles temos a nossa capacidade de estar com os amigos e colegas. Os arquétipos da irmã e irmão também vão guiar-nos para o amor comum, irmã / fraternidade e amizade. As relações em família na infância também se refletem no trabalho comunitário. Alguns comportam-se como mãe ou como pai e outros são como crianças em posições diferentes.

A família é o único lugar para uma criança crescer. Quando crescemos no seio familiar os arquétipos, a independência necessária não podem ser encontrados até que nos separe da família. Portanto, Portanto, precisamos separar-nos dos arquétipos da nossa infância, que nos guiam para encontrar o nosso próprio modo de vida. Caso contrário, não são recebidas na nossa vida. Então também precisamos de modelos culturais ou arquétipos que nos ajudem a comportar-nos como adultos independentes. Aparecem histórias míticas como guia macho e eremita para o homem e mulher sábia e a mulher forte para as mulheres. Estes ajudam-nos a ser bons líderes e ajudam também a encontrarmos o amor real e altruísta.

Os arquétipos são importantes em capacidades emocionais, especialmente nos relacionamentos. Por exemplo, se você é forte em arquétipos pai ou mãe, você pode começar a dominar os outros. Quando você é forte nos arquétipos irmã e / ou irmão você pode começar a competir. Qualquer deste tipo de arquétipos não é bom nas relações conjugais.


Você pode estudar mais sobre estes temas, obtendo o livro:

Find Your True Self through Your Fantasies and Dreams by Olavi Moilanen, Ph.D (Atophill Publishing 2009 ▪ ISBN 978-1-929956-15-9 ▪ 448 pages), nas livrarias em geral como também na livraria online “Amazon”.

O teste é concebido pelo Olavi Moilanen, Ph.D: Para mais informações consultar a sua página: Olavi Moilanen


 
Tehty Macilla
Tehty Macilla

CARACTERÍSTICAS:

- Questionário para o teste de personalidade arquetípica

- Como resultado, ao fazer o teste o que você pode verificar/constatar

1. Que tipo de líder você é?

2. Quais são os seus arquétipos básicos?

3. Que tipo de personalidade você tem - quais são as suas melhores e piores qualidades ao liderar os outros ou os seus empregados?

4. Que tipo de padrões conscientes e inconscientes comandam dentro de você?

5. Que tipo de modelos de relacionamento na sua infância no meio familiar ainda é forte dentro de você?

6. Qual é a sua capacidade de amar?

  1. Ao comparar os seus resultados com os resultados de seu companheiro, você pode encontrar os possíveis problemas na sua relação de amor.

Tipo de líder

Mãe líder ao cuidar

Mítica figura arquetípica: Grande Deusa-mãe.

Eu sou trabalhadora consciente. Eu cuido dos meus empregados e clientes mesmo que seja preciso o meu auto-sacrifício. Eu quero que eles entendam que é uma obrigação para mim.

Minhas melhores características são: uma dedicação enérgica, sincera e bondosa em servir os outros.

Meus pontos fracos são: não permito que os meus empregados e os outros mais próximos que vivam a sua própria vida. O meu comportamento de ‘auto-sacríficio’ faz com que os outros se sintam culpados, deixando-os com uma dívida de gratidão. Fico cansada com frequência.


Companheira líder

Mítica figura arquetípica: Cônjuge feminino do Deus principal.

Minha vida está em ordem, se toda as pessoas têm capacidade de resposta. Sou um(a) companheira/o-líder dedicada/o e cidadão responsável e protetor.

Minhas melhores características são: Sou obediente e capaz de manter as minhas promessas.

Meus pontos fracos são: quando as minhas visões sobre o mundo baseiam-se em obrigações, eu facilmente quebro se os outros não se comportam da mesma maneira. Então, poderei ficar furiosa/o. Também posso ser muito ciumenta/o.


Pai autoritario

Mítica figura arquetípica: Deuses-pai.

Estou quase omnisciente e levar tudo como sendo o meu dever e trabalho duro. Outros precisam dos meus conhecimentos e confiam em mim mesmo. Protejo o meu empregado paternal favorito.

Minhas melhores características são: Eu sei o que fazer e sou capaz de tomar decisões também em situações difíceis.

Meus pontos fracos são: eu posso ser um líder egoísta e não sou capaz de ouvir as outras pessoas. É difícil para mim aceitar alguém ao meu lado. O meu auto-conhecimento não é bom, magoo facilmente e acuso os outros se algo corre mal.


Líder emotivo

Mítica figura arquetípica: Deuses da água

Eu sou ativa/o, intuitiva/o e eficaz. As minhas capacidades em lidar com os meus sentimentos não são muito boas. Facilmente perco o meu temperamento/ controle.

Minhas melhores características são: consigo também expressar os sentimentos difíceis. Tenho empatia e consigo compreender o significado dos sentimentos na vida.

Meus pontos fracos são: descarrego de forma explosiva os meus sentimentos. Por conseguinte, eu posso ser também terrível. As dificuldades são um obstáculo e podem até mesmo arruinar a minha vida. A minha baixa auto-estima leva-me a acusar as outras pessoas dos meus próprios problemas.


Hedonista

Mítica figura arquetípica: Adonis

A minha vida é conduzida por prazeres. Como líder eu, talvez esteja interessado principalmente nas possibilidades que advém com uma posição elevada, como prestígio e os salários. Outros podem não ser capazes de compreender a minha forma estranha de vida.

Minhas melhores características são: capacidade de desfrutar, ser livre e movimentar-me.

Meus pontos fracos são: Sou irresponsável. As pessoas economicamente bem sucedidas criticam-me. Posso ferir alguém quando procuro apenas o prazer.


Competidoras

Mítica figura arquetípica: A Deusa do cultivo

Sou concorrente e orientada em função de objectivos. Posso ser racional, objetiva e justa. Nas relações colegiais comporto-me de maneira fraterna.

Minhas melhores características são: bons conhecimentos e capacidades para ser objetivo torna-me num bom líder, aquele que perdura também no meio de desastres ou de dificuldades.

Meus pontos fracos são: esqueci-me do significado das emoções na liderança. O meu próprio olhar sob o mundo baseia-se apenas no conhecimento. Posso estar muito concentrada para o trabalho como também para os demais concorrentes.


Irmã, feminista

Mítica figura arquetípica: Deusa da floresta

Eu sinto-me bem por fazer parte do mundo das mulheres, tenho confiança na minha sabedoria corporal e capacidades. Prefiro as mulheres aos homens em relações colegiais e tendem a criar a desconfiança nos homens.

Minhas melhores características são: sou forte e capaz de trazer um outro tipo de liderança e cultura de trabalho no mundo machista de topo.

Meus pontos fracos são: posso ser selvagem e assustadora/temível. Nem sempre compreendo o significado do sexo oposto. A minha natureza feminina orientada para os concorrentes pode ser prejudicial nas relações.


Donzela inocente

Mítica figura arquetípica: Jovem virgem

Não sou líder. Prefiro confiar nos outros, nomeadamente nos mais velhos. Eu não hesito em pedir ajuda, quando preciso. Eu sou gentil e silenciosa e não insisto em procurar os outros.

Minhas melhores características são: Sou capaz de confiar em todas as pessoas e em tudo.

Meus pontos fracos são: Nego facilmente coisas negativas e os lados negativos da vida. Sinto-me muitas vezes impotente e sozinha e, permaneço longos períodos de tempo na realidade imaginária.


Competidores

Mítica figura arquetípica: Deuses jovens-sol

Eu quero jogar como sendo uma pessoa poderosa. Sou educado, poderoso e orientado para o sucesso. Eu trabalho para desenvolver a minha consciência em si mesma. No trabalho, posso ser fraternal mas também narcisista.

Minhas melhores características são: Eu sei quais são os meus objetivos na vida e sou capaz de viver a vida ainda melhor e de forma mais eficaz.

Meus pontos fracos são: Eu posso ser narcisista e cruel. E, não ter empatia para as necessidades dos outros e tentar tirá-las da mente/esquecê-las Eu sou também muito competitivo.


Lutador

Mítica figura arquetípica: Deus da Guerra

Eu desfruto do combate e quero ser sempre o vencedor. Sou capaz de combater os inimigos logo desde cedo e ajudar os próprios empregados. Sou corajoso e disciplinado. Nas relações de trabalho eu faço por procurar um parceiro ou um auxiliar.

Minhas melhores características são: Eu gosto de conhecer os obstáculos. A minha vida é lutar e competir.

Meus pontos fracos são: Posso ser muito cruel com o meu adversário e forçá-lo ao meu poder. Eu também posso começar a competir e a lutar dentro da própria empresa.


Observador

Mítica figura arquetípica: Deuses das artes

Eu não me identifico como sendo um tipo de líder. Eu quero ficar de lado à margem e tenho capacidades artísticas. Estou fora dos parâmetros normais porque tenho a capacidade de ver, o que normalmente as pessoas não vêm. Eu sou um pouco tímido nas relações.

Minhas melhores características são: Tenho sensibilidade quando observo e posso criar coisas bonitas.

Meus pontos fracos são: eu fico à parte. Eu não tenho uma vida muita social. Eu serei enganado pela minha amante e amigos e, também posso enganá-los por causa da minha incapacidade.


Entusiasta

Mítica figura arquetípica: Deusa do amor

Eu sou livre e sensual. Não sou orientada em função de objetivos e quero divertir-me na vida. Eu também sou criativa e mutável. Nas relações estou interessada em obter admiradores ao meu redor.

Minhas melhores características são: os sentimentos e entusiasmo aumentam na minha presença. Eu sou capaz de divertir-me e de transmitir esse sentimento ‘o sentir-se bem’ aos outros que me estão próximos. Eu respeito a vida em todas as suas formas.

Meus pontos fracos são: a minha abertura ao erotismo assusta os outros. O amor aberto mutável provoca também ciúmes às pessoas.


Líder feminina sábia

Mítica figura arquetípica: Deusa da sabedoria

Eu aprendo a viver uma vida tranquila e sábia. Eu confio nos outros, nas relações sociais e consigo motivar os trabalhadores para darem o seu melhor. Eu sei quais são os bons ensinamentos da religião para a vida humana. Eu quero desenvolver-me espiritualmente.

Minhas melhores características são: Sou uma pessoa de mente aberta e amorosa. Tenho uma relação aberta, compreensível acessivel a todos os seres vivos.

Meus pontos fracos são: Eu vivo, por vezes, no meu próprio mundo, a chamada vida normal, o conseguir mais dinheiro e respeito, é algo que não me interessa.


Líder masculino sábio

Mítica figura arquetípica: Deus do inferno

Coloco-me à parte, fora da vida normal e dou espaço aos outros. Como um líder posso conseguir dos trabalhadores a darem o seu melhor. Eu também posso ser um 'eremita' no meio de outras pessoas.

Minhas melhores características são: eu devería saber as minhas limitações que a vida me deixou para além de. Eu quero encontrar o sentido da vida mais profundo que existe. Eu não tenho medo da morte. O sentido de proximidade da morte permite-me ter uma mente em paz.

Meus pontos fracos são: Eu posso tornar-me solitário com sentimentos de culpa e estagnar com as coisas ruins que fiz na minha vida anterior.


Viajante

Mítica figura arquetípica: O mensageiro dos deuses

Estou em constante movimento pesquisando a realidade interna assim como o mundo lá fora. Não estou dependente de questões de segurança e de agradecimentos às pessoas que estão em meu redor. Eu quero ser livre e seguir o meu próprio caminho.

Minhas melhores características são: Eu sou bom comunicador e também sou capaz de expressar-me. Eu posso ser um bom líder em projetos de curta duração mas não sou nos de longa duração.

Meus pontos fracos são: Eu sou um pouco de tudo e sempre vou a algum lugar. Não é fácil para mim ter compromissos. Eu não posso ficar muito tempo na mesma situação.


Viajante extático

Mítica figura arquetípica: O Deus de êxtase

Ninguém pode impedir o meu modo de vida extático. Eu vivo livremente. Posso criar coisas novas. O casamento não me interessa.

Minhas melhores características são: Eu sou livre, criativo e ofereço novas formas espontâneas de viver. Confio nos meus instintos e sabedoria corporais.

Meus pontos fracos são: Eu não vivo uma vida normal. Eu vivo fora das leis e regras. Eu possa tornar-me narcótico.

Guia da Mulher

Mítica figura arquetípica: Mulher poderosa / Mulher forte

Sou selvagem, auto-suficente, sensivel e poderosa. No casamento frequentemento forço o meu marido a submeter-se à minha vontade

Minhas melhores características são: Também posso tomar decisões dificeis. Conheço também as profundezas da mente

Meus pontos fracos são: Posso inspirar medo e algumas das minhas realizações podem ser entendidas como não humanas

Humorista/Tolo

Mítica figura arquetípica: Vigarista

Eu sou livre e não-convencional. Posso encontrar novas soluções para produzir os obstáculos e problemas. Eu sou lúdico e desperto a rir e feliz.

Minhas melhores características são: Eu desfruto de cada momento da vida e vivo na sua plenitude. Eu também levo a alegria à vida das outras pessoas.

Meus pontos fracos são: não posso ser responsável.